Maioridade X Cartões de Crédito

Olá meninas, tudo bem? O post de hoje é bem diferente do que costumo colocar aqui no blog. Como a maioria das garotas esperam completar 18 anos para conquistar sua tão sonhada liberdade ( em todos os sentidos ), vim trazer esse assunto para ajudar a controlar uma das sedes causadas nessa época rs, o Cartão de Crédito.


Quando menor de idade, sempre sonhei em conquistar meu próprio cartão de crédito, minha própria responsabilidade. Sabe o que é você querer comprar algo mas sua mãe ou seu pai não deixam por ser caro ou por achar que é supérfluo? Então, é nessa hora que desejamos ser uma Becky Bloom hahaha e sair fazendo milhões de cartões de crédito e estourando todos por onde passamos. Mas não, STOP! 
Temos que impor limites em tudo na vida, principalmente nos gastos. Ter cartão de crédito é bom, mas não em excesso. Faça 1 ou 2 no máximo para uma emergência, mas dê preferência ao dinheiro. 
Cartões tem vencimentos, a maioria deles não somos nós quem escolhemos o dia certo, a financeira cita alguns dias e pronto, daí fica um pro dia 5, outro pro dia 7, alguns pro final do mês e assim, acabamos sempre nos enrolando com algo que vira uma bola de neve no caso de ter milhões de cartões.

Pagamentos: Você faz uma compra na loja X, daí ela te oferece a opção de pagamento 8x com juros, porém promete desconto no antecipamento. NÃO, não caia nessa. Ninguém tem pena do seu bolso, parcele em 2 ou no máximo 4 vezes se o valor for muito alto, mas não caia no conto do desconto. Isso é jogada pra enrolar o cliente.
E outra, nunca pague o mínimo da sua fatura, mesmo que tenha se enrolado tal mês e não tenha como pagar o total de um por dever em mais lugares, analise as opções mas nada de pagar mínimo de cartão de crédito, isso só aumenta a dívida e te leva cada vez mais a fundo. A ponto do tão famoso SCPC Serasa.



Meninas, a palavra mais tentadora que uma mulher pode ouvir é - Liquidação. HAHAHA então, busque promoções, liquidações, os famosos selos de desconto. Não compre uma blusinha por r$ 100,00 só porque é tendência, sendo que você vai encontrar por r$ 50,00 em outra loja ou 1 semana depois. Uma coisa que admiro na Taciele Alcolea é isso, ela sempre nos dá dicas de pesquisar e não pagar caro em algo que é tendência pois logo o preço da peça cai e, daí vem a vontade de morrer por ter pago tão caro pela falta de paciência de esperar e pesquisar.

E nada de sair igual louca por aí comprando tudo que vê na frente, comprar é maravilhoso, é uma terapia, principalmente na TPM mas temos que pensar nas prioridades da vida também, e não só em ter um closet recheado como nos filmes.
Um filme maravilhoso que indico para todas é Os delírios de consumo de Becky Bloom. Tem os livros também, a Fran do blog Morando Sozinha fez uma resenha do primeiro livro. Vale a pena conferir a saga da Becky, é um ótimo aprendizado para as "compradoras compulsivas".



É isso meninas, espero que tenham gostado do post de hoje. É um assunto que acho muito importante conversar pois ajuda a muitas não afundarem nesse universo, afinal, a tv e a internet influenciam muito. Se gostarem desse tipo de post, comentem aqui embaixo, qualquer dúvida, podem perguntar. Beijos, fiquem com Deus e até o próximo post :*


Nenhum comentário

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...